DR. MARCELO TONIETTE

| CRP 06/49357-4
Psicólogo e Psicoterapeuta


CONSULTÓRIO |

(11) 3815-5467


Rua Luminárias, 271 - Vila Madalena


São Paulo-SP

DÚVIDAS FREQUENTES

   

TENHO EJACULAÇÃO PRECOCE: O QUE FAZER?


Por Marcelo Toniette




Tenho ejaculação precoce, isso está maltratando a relação, o que devo fazer?


Resposta: A ejaculação precoce, ou ejaculação rápida, está relacionada com a dificuldade no controle da ejaculação antes, durante ou logo após a penetração, ou mesmo antes que o indivíduo a deseje. O empecilho dessa dificuldade é que muitas vezes a parceira não é estimulada suficientemente para que chegue ao orgasmo.


Vale ressaltar que a ejaculação precoce não está relacionada ao tempo em si que o homem leva para ejacular, mas com o tempo necessário para que a parceira tenha orgasmo. Se um homem, depois que penetra, leva 20 segundos para ejacular, esse tempo pode ser insuficiente para que a parceira tenha prazer. Desse modo, o controle ejaculatório não está relacionado ao alcance de um tempo pré-determinado para ejacular, mas a um consenso entre o casal.

O tempo para ejacular deve ser uma questão de consenso entre o casal.

Vários fatores podem estar relacionados à ejaculação rápida, mas geralmente está relacionada a fatores psicológicos que impedem o homem de perceber suas sensações corporais e, por sua vez, controlar sua ejaculação. Dentre esses fatores estão a ansiedade, a preocupação com o desempenho sexual, dificuldades de relacionamento com a parceira, excesso ou falta de interesse pela parceira, entre outros.


Aprendizado


O aprendizado para se controlar a ejaculação é semelhante ao quando se aprende a controlar a

emissão da urina. Por meio do aprendizado, a partir do contato com os adultos, a criança

aprende a perceber as sensações de controlar a emissão de urina. O controle dos esfíncteres é

um dos primeiros contatos que a criança tem com as regras sociais. Visto que a prática sexual nem sempre é presente na educação, é comum que os homens no início da vida sexual apresentem ejaculação rápida.


A falta do controle ejaculatório é umas das queixas masculinas mais comuns, mas nem todos os homens procuram ajuda para superar essa dificuldade.

A ejaculação precoce pode ser superada diminuindo a ansiedade e a autocobrança excessiva. Além disso, o principal é o aprendizado que se dá a partir da consciência de sensações corporais que antecedem a ejaculação.


Essas sensações é que indicarão se você continua a estimulação erótica, ou diminui a

estimulação, a fim de prolongar o ato sexual e o seu prazer e o de sua parceira. Também é fundamental que ao longo do processo do aprendizado do controle ejaculatório, que dificuldades de relacionamento do casal sejam superadas e que exista o diálogo.





Fonte: VyaEstelar

 

 

 

 

 

 

 

 

DR. MARCELO TONIETTE | CRP 06/49357-4

Psicólogo, Psicoterapeuta e Terapeuta Sexual

Doutor e Mestre em Psicologia pela Universidade de São Paulo - USP

CONSULTÓRIO | (11) 3815-5467 / 3815-9620

Rua Luminárias, 271 - Vila Madalena

05439-000 - São Paulo-SP [Veja no GoogleMaps]

Copyright © 2018-2020 Psic. Dr. Marcelo Toniette. Todos os direitos reservados.

^
topo